°°°°°°°°°°°fotominha1.jpg°°°°°°°°°°°° ImageChef Custom Images

domingo, 13 de outubro de 2013

(...) Os grandes amores são assim mesmo, eles nos dão o caminho da emoção, mas os sentimentos de verdade são apenas nossos...ninguém copia, ninguém leva, ninguém divide..."(Tati Bernardi)

Ainda
(Still-Cher)
 
Meu coração clamou por você
em cima de um oceano
E sua dor clamou por mim
Em uma onda
Você estava meio morto
entorpecido a qualquer emoção
Porque você era um prisioneiro
E eu era um escravo
Nós paramos procurando qualquer aceitação
E rejeição sempre era nossa pílula amarga
Porque, eu não tenho nenhum presente precioso para te dar...
Eu só tenho quatro palavras
Querido, eu o amo...
Eu o amo
Ainda
Eu nunca pensei que alguém viria,
Ou faria prisioneiro de meu coração
Mas como um guerreiro vestido em armadura
Você esculpiu seu nome, certamente desde o começo...
Você fez de minha alma um refém
Em sua torre na colina
E para tudo o que rezo quando durmo...
Ou desperto, é que você me ame, ainda...
Meu coração clamou por você
Em cima de um oceano
E sua dor clamou por mim
Em uma onda
Você estava meio morto
Entorpecido a qualquer emoção
Porque você era um prisioneiro
E eu era um escravo
Nós paramos procurando qualquer aceitação
E rejeição sempre era nossa pílula amarga
Porque, eu não tenho nenhum presente precioso para te dar...
Oh, eu só tenho quatro palavras
Querido, eu o amo...
Eu o amo
Ainda
Querido, eu o amo...
Eu o amo
Ainda
Oh! querido, eu o amo
Eu o amo... ainda
Querido, eu o amo
Oh... Ainda
Eu amo você ainda
Querido eu o amo
Ainda
Eu amo você ainda
oh, oh, querido, eu o amo
Ainda
Ainda
Ainda
  

 
Olhos
 
Still
(Cher)
 
My heart cried out for you
Over an ocean
And your pain cried out for me
Across the way
You here, half dead
Numb to any emotion
'Cause you were a prisoner
And I was a slave
We both stopped searching for any exceptions
And rejection always was our bitter pill
And I have no precious gifts to give you
I only have our words
Darling, I love you
I love you
Still
I never thought someone would ever see
Or make a prisoner of my heart
But like a warrior dressed in armor
You carved your name in it right from the start
You held my soul a hostage
In your tower on the hill
All I pray for when I sleep or lie awake
Is that you love me still
'Cause my heart cried out for you
Over an ocean
And your pain cried out for me
Across the way
'Cause we hid, half dead
Numb to any emotion
Now you are my prisoner
And I am your slave
We both stopped searching for any exceptions
And rejection had always been our bitter pill
And I have no precious gifts to give you
Oh, I only have these words
Darling, I love you
I love you
Still
Oh, baby I love you
I love you
Still
Whoa, baby I love you
Oh.... Still
Baby, I love you
Oh.... Still
I love you still
Baby I love you
Still
I love you still
oh, oh, baby I love you
Still
Still
Still


 
CHER


Cher ( nascida Cherilyn Sarkisian em 20 de maio de 1946)
é uma cantora e atriz dos Estados Unidos com uma carreira que já dura
cinco décadas. Reconhecida por ter ajudado a difundir os conceitos
de autonomia feminina e auto-reinvenção na indústria do entretenimento,
ela é famosa pela voz grave e por ter trabalhado em várias áreas da mídia,
bem como por reinventar constantemente sua música e imagem.
Tudo isso lhe rendeu o apelido de Deusa do Pop
.

 notes_029.gif (4043 bytes)notes_029.gif (4043 bytes)
http://www.dontstopthemusic.com.br/Musicas/Internacionais/3_-_Sweet_Memories/Cher_-_Still_MS.mid
 
notes_029.gif (4043 bytes)notes_029.gif (4043 bytes)
 
 



Ainda que Mal
 
Ainda que mal pergunte,
ainda que mal respondas;
ainda que mal te entenda,
ainda que mal repitas;
ainda que mal insista,
ainda que mal desculpes;
ainda que mal me exprima,
ainda que mal me julgues;
ainda que mal me mostre,
ainda que mal me vejas;
ainda que mal te encare,
ainda que mal te furtes;
ainda que mal te siga,
ainda que mal te voltes;
ainda que mal te ame,
ainda que mal o saibas;
ainda que mal te agarre,
ainda que mal te mates;
ainda assim te pergunto
e me queimando em teu seio,
me salvo e me dano: amor.
(Carlos Drummond de Andrade, in 'As Impurezas do Branco')
 



Monte Castelo
(Legião Urbana)
 
Ainda que eu falasse
A língua dos homens
E falasse a língua dos anjos,
Sem amor eu nada seria.
É só o amor! É só o amor
Que conhece o que é verdade.
O amor é bom, não quer o mal,
Não sente inveja ou se envaidece.
O amor é o fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer.
Ainda que eu falasse
A língua dos homens
E falasse a língua dos anjos
Sem amor eu nada seria.
É um não querer mais que bem querer;
É solitário andar por entre a gente;
É um não contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder.
É um estar-se preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É um ter com quem nos mata a lealdade.
Tão contrário a si é o mesmo amor.
Estou acordado e todos dormem.
Todos dormem. Todos dormem.
Agora vejo em parte,
Mas então veremos face a face.
É só o amor! É só o amor
Que conhece o que é verdade.
Ainda que eu falasse
A língua dos homens
E falasse a língua dos anjos,
Sem amor eu nada seria.


 
1 Coríntios 13:1-13

(1)Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor,
seria como o metal que soa ou como o sino que tine.
(2)E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência,
e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes,
e não tivesse amor, nada seria.
(3)E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres,
e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor,
nada disso me aproveitaria.
(4)O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso;
o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
(5)Não se porta com indecência, não busca os seus interesses,
não se irrita, não suspeita mal;
(6)Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;
(7)Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
(8)O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas,
 cessarão; havendo ciência, desaparecerá;
(9)Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos;
(10)Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.
(11)Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino,
mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.
(12)Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face;
agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.
(13)Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três,
mas o maior destes é o amor.


Nenhum comentário:

Postar um comentário