°°°°°°°°°°°primaverablog.jpg°°°°°°°°°°°° ImageChef Custom Images

domingo, 18 de maio de 2014

"A melhor cura para o amor é ainda aquele remédio eterno: amor retribuído."(Friedrich Nietzsche )


"O caminho que eu escolhi é o do amor.
Não importam as dores, as angústias,
nem as decepções que eu vou ter que encarar.
Escolhi ser verdadeira. No meu caminho, o abraço é apertado,
o aperto de mão é sincero, por isso não estranhe a minha maneira de sorrir,
de te desejar o bem. É só assim que eu enxergo a vida,
e é só assim que eu acredito que valha a pena viver"
(Clarice Lispector)


Belle image   ...

Curar a dor
(Heal the pain-George Michael/Paul Mcartney)
Deixe-me lhe contar um segredo
Coloque-o em seu coração e o mantenha lá
Há algo que eu quero que você saiba
Faça algo por mim
Ouça a minha humilde história
E talvez tenhamos algo para compartilhar

Você me diz que é fria por dentro
Mas como será o mundo exterior?
Um lugar que seu coração pode adotar
Seja boa consigo mesma
Pois ninguém mais
Tem o poder de fazer-lhe feliz

Como posso ajudá-la?
Por favor, deixe-me tentar
Eu posso curar a dor
Que você está sentindo por dentro
Quando você me quiser
Esteja certa de que estarei
Esperando pelo dia
Em que você dirá que será minha

Ele realmente deve ter te machucado
Para fazer com que diga as coisas que tem dito
Ele realmente deve ter te machucado
Para fazer estes olhos tão lindos tão tristes

Ele devia saber
Que era capaz e
Que você nunca o deixaria
Agora você não é capaz de ver que o meu amor é bom
E que eu não sou ele

Como posso ajudá-la?
Por favor, deixe-me tentar
Eu posso curar a dor
Que você está sentindo por dentro
Quando você me quiser
Esteja certa de que estarei
Esperando pelo dia

Em que você dirá que será minha

Não quer me deixar entrar?
Deixe este amor começar
Não vai me mostrar os eu coração agora?
Eu serei bom para você
Posso fazer esta coisa verdadeira
Mostre-me o seu coração agora mesmo

Quem precisa de um amante
Que não pode ser um amigo?
Algo me diz que sou aquele que você tem procurado
Se você o ver novamente
Diga que encontrou alguém que lhe dá muito mais

Alguém que a protegerá
Amará e a respeitará
Todas estas coisas
Que ele jamais pôde fazer por você
Do jeito que eu faço
Ou, de certo modo, como eu tento
Não vai me mostrar o seu coração
Do jeito que deveria?

Como posso ajudá-la?
Por favor, deixe-me tentar
Eu posso curar a dor
Que você está sentindo por dentro
Quando você me quiser
Esteja certa de que estarei
Esperando pelo dia
Em que você dirá que será minha

Não quer me deixar entrar?
Deixe este amor começar
Não vai me mostrar o seu coração agora?
Eu serei bom para você
Posso fazer esta coisa verdadeira
Mostre-me o seu coração agora mesmo
 Belle image ...
Heal The Pain
(George Michael/Paul Mcartney)

Let me tell you a secret
Put it in your heart and keep it
There's something that I want you to know
Do something for me
Listen to my simple story
And maybe we'll have someting to show
You tell me you're cold on the inside
How can the outside world
Be a place that your heart can embrace
Be good to yourself
Because nobody else
Has the power to make you happy

How can I help you?
Please let me try to
I can heal the pain
That you're feeling inside
Whenever you want me
You know that I will be
Waiting for the day
That you say you'll be mine
He must have really hurt you
To make you say the things that you do
He must have really hurt you
To make those pretty eyes look so blue
He must have known
That he could
That you'd never leave him
Now you can't see my love is good
And that I'm not him
How can I help you?
Please let me try to
I can heal the pain
Won't you let me inside
Whenever you want me
You know that I will be
Waiting for the day
That you say you'll be mine
Won't you let me in
Let this love begin
Won't you show me your heart now
I'll be good to you
I can make this thing true
Show me the heart right now
Who needs a lover
That can't be a friend
Something tells me I'm the one you've been looking for
If you ever should see him again
Won't you tell him you've found someone who gives you more
Someone who will protect you
Love and respect you
All those things
That he never could bring to you
Like I do
Or rather I would
Won't you show me your heart
Like you should
How can I help you?
Please let me try to
I can heal the pain
Won't you let me inside
Whenever you want me
You know that I will be
Waiting for the day
That you say you'll be mine
Won't you let me in
Let this love begin
Won't you show me your heart now
I'll be good to you
I can make this thing true
And get to your heart somehow
image
George Michael, Paul McCartney - "Live 8 London" in Hyde Park - July 2, 2005
George Michael, nome artístico de Georgios Kyriacos Panayiotou
(Londres, 25 de junho de 1963) é um cantor britânico que já vendeu
mais de 100 milhões de discos no mundo todo
George nasceu em East Finchley, Norte de Londres.
Seu pai era Kyriacos Panayiotou, um restaurador cipriota
que se mudou para a Inglaterra em 1950 e mudou o seu nome
para Jack Michael. A mãe de Michael, Lesley Angold Harrison,
foi uma dançarina britânica, morta de cancer em 1997.
Michael passou a maior parte de sua infância no norte de Londres,
na casa que seus pais compraram logo após seu nascimento.
Durante sua adolescência, a família mudou-se para Radlett
(Leste da Inglaterra) e Michael participou na escola
Bushey Meads School onde Michael encontrou Andrew Ridgeley.
Ambos tinham a ambição de carreira mesmo sendo músicos.

Sir James Paul McCartney Kt, MBE (Liverpool, 18 de junho de 1942)
é um cantor, compositor, baixista, guitarrista, pianista, multi-instrumentista,
empresário, produtor musical, cinematográfico e ativista dos direitos dos
animais britânico. McCartney alcançou fama mundial como membro da banda de
rock britânica The Beatles, com John Lennon, Ringo Starr e George Harrison.
Lennon e McCartney foram uma das mais influentes e bem sucedidas parcerias
musicais de todos os tempos, "escrevendo as canções mais populares da
história do rock".1 Após a dissolução dos Beatles em 1970, McCartney
lançou-se em uma carreira solo de sucessos, formou uma banda com sua
primeira mulher Linda McCartney, os Wings. Ele também trabalhou
com música clássica, eletrônica e trilhas sonoras.



 

http://www.dontstopthemusic.com.br/Musicas/Internacionais/George_Michael/Heal_the_pain_-Paul_Mcartney_MS.mid



Imaginaire  ... fantastique

Amor com amor se cura

Moça bonita
 De passo candente
 Olhar desvalido
 Cadê sua mente
 No que você pensa
 Assim tão alheia
 Sem se dar crença
 De que é lua cheia
 Moço inxirido
 De boa vontade
 Aguce o ouvido
 Me faz caridade
 Perdi meu amor
 Ali na esquina
 E sofro de dor
 Tamanha é a sina
 Moça bonita
 Amar é tão bom
 A vida é bendita
 Dá cá sua mão
 Moço vexado
 Que baita loucura
 É com beijo estalado
 Que a mágoa se cura!!!

 (Ize · Rio de Janeiro, RJ)

HÁ FERIDAS QUE O TEMPO NÃO CURA

Há feridas que o tempo não cura
Ou há feridas que eu não deixo curar
Como se a cada dia esfolasse
Ao invés de medicar
 Há dores que nunca passam
Ou há dores que eu alimento
Acendendo o fogo, girando a brasa
Alimentando meu tormento
 Há amores mortos que eu não enterro
E passo meus dias a carpir
Perco o passo do que é o amor
Uso como arma para me destruir
 Há amores, cuido ou descarto
Há dores , aprendo e curo
Há feridas,
deixo que fechem
Não seja o sofrimento meu porto seguro
(Mônica Raouf El Bayeh)
Imaginaire ... fantastique

As Dores do Amor
Um intenso proliferar de palavras cruas,
a violência do desnudar da doçura das sílabas.
O que era suave e agradável chama incendiou-se,
devorou-se numa ardente fogueira.
Quebrou-se o lapidado encanto,
rompeu-se em cacos, enchendo tudo de decepção.
Lembranças quase que sagradas,
intocáveis fotografias, todas esquecidas e rasgadas.
Queda do ídolo, o desfazer amargo da fantasia,
do altar de deusa ao poço sem fundo.
Não mais os brancos pássaros do céu,
mas apenas alvos de obstinado caçador desperto
descobrindo que com a mesma força com que ama,
também odeia; a mágoa envenena o coração.
Então a surpresa, percebendo
que ataca o que tanto defendeu,
vendo nisto falta de sentido.
Na frustrada dor da perda,
transbordar o copo de amargura,
vertendo doce vinho em acre vinagre.
Inspiração às avessas,
e o coração não quer sair de dentro de si,
não quer ficar vazio,
Resiste quase sem forças
ao agressivo ataque do ódio viril,
por fim desfalecendo, abatido.
E onde havia luzes, fizeram-se sombras,
as cores vivas tornaram-se pardas,
perdeu-se o brilho.
(Gilberto Brandão Marcon)
 10/07/2009
Amour ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário