************IMG-20181111-085420-403**********DONT-STOP-BANNER

domingo, 8 de dezembro de 2019

"Amo-te como se amam certas coisas obscuras, secretamente, entre a sombra e a alma." (Pablo Neruda)


"Se sou amado,
quanto mais amado
mais correspondo ao amor.

Se sou esquecido,
devo esquecer também,
Pois amor é feito espelho:
-tem que ter reflexo."
(Pablo Neruda)

❦♰❦: Archivo

Já te falei recentemente... que te amo?
Have I Told You Lately...that I love you?


Já te falei recentemente que te amo?
Já te falei que não há ninguém acima de ti?
(Você) Enche meu coração com felicidade
(Você) tira minha tristeza
Acalma meus problemas, é o que você faz

Ah, o sol da manhã em toda sua glória
Saúda o dia com esperança e conforto também
E você enche minha vida com risos
Você pode fazer ela melhor
Acalma meus problemas, é o que você faz

Existe um amor que é divino
E é seu e meu
Como o sol no fim do dia
Devemos dar graças e orar a ele

Já te falei recentemente que te amo?
Já te falei que não há ninguém acima de ti?
Enche meu coração com felicidade
tira minha tristeza
Acalma meus problemas,
isso é o que você faz

Existe um amor que é divino
E é seu e meu
E ele brilha como o sol
no fim do dia iremos dar graças
e orar a ele

Já te falei recentemente que te amo?
Já te falei que não há ninguém acima de ti?
Enche meu coração com felicidade
tira minha tristeza
Acalma meus problemas,
isso é o que você fazz

Enche meu coração com felicidade
tira minha tristeza
Acalma meus problemas,
isso é o que você faz
Enche meu coração com felicidade
tira minha tristeza
Acalma meus problemas,
isso é o que você faz
Acalma meus problemas, é que você faz

Foto

Have I Told You Lately...that I love you?
(many versions)

Have I told you lately that I love you
Have I told you theres no one above you
Fill my heart with gladness
Take away my sadness
Ease my troubles, thats what you do

Oh the morning sun in all its glory
Greets the day with hope and comfort too
And you fill my life with laughter
You can make it better
Ease my troubles thats what you do

Theres a love thats divine
And its yours and its mine
Like the sun at the end of the day
We should give thanks and pray to the one

Have I told you lately that I love you
Have I told you theres no one above you
Fill my heart with gladness
Take away my sadness
Ease my troubles, thats what you do

Theres a love thats divine
And its yours and its mine
And it shines like the sun
At the end of the day we will give thanks
And pray to the one

Have I told you lately that I love you
Have I told you theres no one above you
Fill my heart with gladness
Take away my sadness
Ease my troubles, thats what you do

Take away my sadness
Fill my life with gladness
Ease my troubles thats what you do
Fill my life with gladness
Take away my sadness
Ease my troubles thats what you do.

Resultado de imagem para have I told you lately


" Have I told you lately that I love you" É uma canção popular 
escrita por Scotty Wiseman para o filme musical de 1944, Sing, 
Neighbour, Sing, e interpretada por Lulu Belle e Scotty . 
Foi o maior sucesso de Wiseman e sua esposa e uma das primeiras 
canções de música country a atrair grande atenção no campo da 
música pop. 
A primeira versão lançada desta música foi por Gene Autry em 1945.
Bing Crosby e The Andrews Sisters gravaram a música em 25 de 
novembro de 1949 e recebeu uma boa recepção da revista especializada 
Billboard.
O registro entrou nas paradas da Billboard em 21 de janeiro de 1950 e,
em uma estadia de quatro semanas, chegou ao número 24.
A gravação mais antiga e fácil de destacar de "Have I told you lately 
that I love you" no início do rock foi de Elvis Presley.
As principais gravações e que tiveram maior destaque e sucesso, foram de
Van Morrison e Rod Stewart. Até hoje tocadas nas rádios. 



http://dontstopthemusic.com.br/Musicas/Internacionais/Rod_Stewart/Have_I_told_you_lately_MS.mid



http://www.dontstopthemusic.com.br/Musicas/Blues_Jazz/Van_Morrison/Have_i_told_you_lately_MS.mid



durmo, ão som do som, encontro-me em meus devaneios, no sonho que leva-me ão infinito. ltslima .

TE AMO

Te amo de uma maneira inexplicável,
de uma forma inconfessável,
de um modo contraditório.
Te amo, com meus estados de ânimo que são muitos
e mudar de humor continuadamente
pelo que você já sabe
o tempo,
a vida,
a morte.
Te amo, com o mundo que não entendo
com as pessoas que não compreendem
com a ambivalência de minha alma
com a incoerência dos meus atos
com a fatalidade do destino
com a conspiração do desejo
com a ambigüidade dos fatos
ainda quando digo que não te amo, te amo
até quando te engano, não te engano
no fundo levo a cabo um plano
para amar-te melhor
Te amo , sem refletir, inconscientemente
irresponsavelmente, espontaneamente
involuntariamente, por instinto
por impulso, irracionalmente
de fato não tenho argumentos lógicos
nem sequer improvisados
para fundamentar este amor que sinto por ti
que surgiu misteriosamente do nada
que não resolveu magicamente nada
e que milagrosamente, pouco a pouco, com pouco e nada,
melhorou o pior de mim.
Te amo
Te amo com um corpo que não pensa
com um coração que não raciocina
com uma cabeça que não coordena.
Te amo incompreensivelmente
sem perguntar-me porque te amo
sem importar-me porque te amo
sem questionar-me porque te amo
Te amo
simplesmente porque te amo
eu mesmo não sei porque te amo…
(Pablo Neruda)
You have created a masterpiece keep inspiring us with your stunning content Image by @sofyan_adi2805  #LD_sofyan_adi2805 | @launchdsigns  Selected by @stwesley Use our #launchdsigns  The family: @theuniversalart @xceptionaledits  The Team Founder: @stwesley Mod: @brockbagley  Design is thinking made visual. Saul Bass  Partners: @creativeoptic @milliondollarvisuals @leagueoflenses @nyc_explorers @all2epic  #creativeoptic #all2epic #leagueoflenses #nyc_explorers #TheUniversalArt #MillionDollarVisu


A Dança/ Soneto XVII

Não te amo como se fosses rosa de sal, topázio
ou flecha de cravos que propagam o fogo:
amo-te como se amam certas coisas obscuras,
secretamente, entre a sombra e a alma.

Te amo como a planta que não floresce e leva
dentro de si, oculta a luz daquelas flores,
e graças a teu amor vive escuro em meu corpo
o apertado aroma que ascendeu da terra.

Te amo sem saber como, nem quando, nem onde,
te amo diretamente sem problemas nem orgulho:
assim te amo porque não sei amar de outra maneira,

senão assim deste modo em que não sou nem és
tão perto que tua mão sobre meu peito é minha
tão perto que se fecham teus olhos com meu sonho.
(Pablo Neruda)