°°°°°°°°°°°primaverablog.jpg°°°°°°°°°°°° ImageChef Custom Images

domingo, 7 de outubro de 2012

"Se choras por não ter visto o pôr do sol...as lágrimas não te deixarão ver as estrelas..."




Don't Let the Sun Go Down on Me
(George Michael/ Elton John)
Não Deixe o Sol Se Pôr Em Mim


Eu não posso mais iluminar sua escuridão
Todas as minhas fotos parecem desbotar em preto e branco
Estou ficando cansado e o tempo permanece impassível diante de mim
Congelado aqui na escada da minha vida

Tarde demais para me salvar da queda
Eu arrisquei mudar seu modo de vida
Mas você interpretou mal minha intenção quando eu te encontrei
Fechou a porta e me deixou cego pela luz

Não deixe o sol se pôr em mim
Embora eu procure a mim mesmo, é sempre outro alguém que eu vejo
Simplesmente permitirei que um fragmento de sua vida vagueie livre
Mas perder tudo é como o sol se pôr em mim

Eu não consigo achar a frase romântica correta
Mas olhe pra mim uma vez e veja como eu me sinto
Não me descarte só porque você acha que eu quis seu mal
Pois estes cortes que eu tenho precisam de amor para ajudá-los a sarar

Não deixe o sol se pôr em mim
Embora eu procure a mim mesmo, é sempre outro alguém que eu vejo
Eu simplesmente permitirei que um fragmento de sua vida vagueie livre
Mas perder tudo é como o sol se pôr em mim
Não deixe o sol se pôr em mim Embora eu procure a mim mesmo, é sempre outro alguém que eu vejo Eu simplesmente permitirei que um fragmento de sua vida vagueie livre Mas perder tudo é como o sol se pôr em mim  

Gif

Namorados

  Don't Let The Sun Go Down On Me
 (George Michael and Elton John)

I can't light no more of your darkness
All my pictures seem to fade to black and white
I'm growing tired and time stands still before me
Frozen here on the ladder of my life

It's much too late to save myself from falling
I took a chance and changed your way of life
But you misread my meaning when
 I met youClosed the door and left me blinded by the light

Don't let the sun go down on me
Although I search myself, it's always someone else
I seeI'd just allow a fragment of your life to wander free
But losing everything is like the sun going down on me

I can't find, oh the right romantic line
But see me once and see the way I feel
Don't discard me just because you think I mean you harm
But these cuts I have they need love to help them heal

Don't let the sun go down on me
Although I search myself, it's always someone else
 I seeI'd just allow a fragment of your life to wander fre
eCos losing everything is like the sun going down on me

Don't let the sun go down on me
Although I search myself, it's always someone else that
 I seeI'd just allow a fragment of your life to wander free, baby
Cos losing everything is like the sun going down on me

Gif
 


  "Don't let the sun go down on me" é a primeira música do albúm Caribou do britânico Elton John de  1974; foi lançado esse ano durante a última metade de maio no Reino Unido, e em 10 de Junho nos Estados Unidos. Tão bem sucedido em1974 que num dueto com teve o  maior sucesso. A dupla tinha realizado a canção no concerto Live Aid, em 1985. Gravado ao vivo em um show no Wembley Arena, em Londres em 25 de Março de 1991, quando Elton John era um convidado surpresa de George Michael, o dueto se tornou um enorme sucesso em ambos os lados do Atlântico. Ele foi lançado no final daquele ano e chegou a número um na parada  do Reino Unido por duas semanas em dezembro de 1991 e uma semana na Billboard Hot 100 em fevereiro de 1992. O dueto também passou duas semanas no número um na parada Adult Contemporary.
Gif

clefs_007.gif (6431 bytes)

http://www.dontstopthemusic.com.br/Musicas/Internacionais/George_Michael/Dont_let_the_sun_go_down_on_me-_Elton_John_MS.mid


Gif
 

    


 O Último Pôr-do-sol
(Lenine)

A onda ainda quebra na praia,
Espumas se misturam com o vento.
No dia em que ocê foi embora,
Eu fiquei sentindo saudades do que não foi
Lembrando até do que eu não vivi
pensando nós dois.

Eu lembro a concha em seu ouvido,
Trazendo o barulho do mar na areia.
No dia em que ocê foi embora,
Eu fiquei sozinho olhando o sol morrer
Por entre as ruínas de santa cruz lembrando nós dois

Os edifícios abandonados,
As estradas sem ninguém,
Óleo queimado, as vigas na areia,
A lua nascendo por entre os fios dos teus cabelos,
Por entre os dedos da minha mão passaram certezas e dúvidas

Pois no dia em que ocê foi embora,
Eu fiquei sozinho no mundo, sem ter ninguém,
O último homem no dia em que o sol morreu

Gif

clefs_007.gif (6431 bytes)   http://www.dontstopthemusic.com.br/Musicas/Nacionais/Lenine/O_Ultimo_Por_Do_Sol_MS.mid

Gif                                                 Golden Sunset, Leonid Afremov



É MORNO O PÔR-DO-SOL...

Vosso sonho fechou as janelas, florido,
Deixa a minha alma dar às noites seus gemidos (?)
É morno o pôr-do-sol no cerne dos queixumes,
Qual jato de água curvo ao vento, é todo ocioso,
Em mim, o entardecer, fingido e vagaroso,

Brota, descendo sobre os reflexos negrumes.
Aos poucos, tua voz ocupa as sonolências,
Ignotos lapsos entre os átomos da hora,
E sem sabermos de onde alguém, baixinho, chora,
Os ramos em torpor ruminam só demências.
Qual caixa de marfim se fecha todo ser,
Qual folha morta cai enfim todo momento,
Logo não terei mais regato onde beber
O vinho que me faz voar em pensamento.
E, bruscamente, o sopro amornecido deixa
Mossas de sonho sobre as esperas do instante.
Nós choraremos dentro em breve. E as minhas queixas,
Quais som que morre no ar, estão agonizantes.
Como sempre, tardou, irmã, tardou demais.
Pois o vento me ergueu o trigo entre as quimeras
Senti meu coração pulsante e lasso de ais.
Minguou a arte da queixa, à minha breve espera.
Sem calçados, pisais, com rara lucidez,
No porto. Sorri: é o epíteto que, exato,
Deus vos encontrará ao corpo em acidez,
No paço consagrado ao nosso desbarato.
Lembro-me. Junto ao rio escuro e negro, à margem.
Com os cisnes buscando olhares doutras gentes.
Nós agíamos como apóstolos plangentes
Que perderam a fé nas vesperais miragens.
Estáveis totalmente à sombra. E aquele lasso
Órgão chorava atrás do quadro interrompido.
Nós, à sombra em que Deus ficou emudecido,
Face a face, e o rumor da fuga de alguns passos
Rumo à morte, e na sombra, a perder-se no espaço.

 **Fernando Pessoa escreveu este poema em francês poucos dias antes de morrer.

Gif  


  Querem uma Luz Melhor que a do Sol! 


   AH! QUEREM uma luz melhor que
a do Sol!
Querem prados mais verdes do que estes!
Querem flores mais belas do que estas
que vejo!
A mim este Sol, estes prados, estas flores contentam-me.
Mas, se acaso me descontentam,
O que quero é um sol mais sol
que o Sol,
O que quero é prados mais prados
que estes prados,
O que quero é flores mais estas flores
que estas flores -
Tudo mais ideal do que é do mesmo modo e da mesma maneira!

(Alberto Caeiro, in "Poemas Inconjuntos"
Heterónimo de Fernando Pessoa)

Gif       Gif  

Nenhum comentário:

Postar um comentário