°°°°°°°°°°°minha3.jpg°°°°°°°°°°°° ImageChef Custom Images

domingo, 9 de setembro de 2012

"Tão bom morrer de amor e continuar vivendo..."


Amor, você deveria ter voltado
Lover, You Should've Come Over
(Jeff Buckley)



Olhando pela porta vejo a chuva que cai nos
pranteadores do funeral
Desfilando em uma vigília de relações tristes enquanto
seus sapatos se enchem de água
E talvez eu seja muito novo
Para impedir que um bom amor dê errado
Mas esta noite você esta em meus pensamentos então, nunca se sabe.
Estou despedaçado e faminto por seu amor
Sem nenhuma maneira sequer para alimentar-me
Onde está você esta noite?
Querida, você sabe o quanto eu preciso
Jovem demais para segurar a barra e velho demais para
simplesmente me libertar e correr

Às vezes um homem se deixa levar
Quando ele sente que na verdade ele deveria estar se divertindo
E cego demais para ver o dano que causou
Às vezes um homem deve acordar para descobrir que, na
verdade, ele não tem ninguém.
Então eu vou esperar por você...
E eu vou ficar ansioso
Será que vou assistir ao seu doce retorno,
ou será que um dia vou aprender?
Amor, você deveria ter voltado
Porque não é tarde demais!

Solitário é o quarto em que a cama é feita
A janela aberta deixa a chuva entrar
Ansioso no canto está o único que sonha que já teve
você com ele
Meu corpo vira e anseia por um descanso que nunca virá
Nunca tem fim, meu reino por um beijo em seu ombro!
Nunca tem fim, todas as minhas riquezas pelos seus
sorrisos dados quando eu dormia tão gentilmente contra
a ela!
Nunca tem fim, todo o meu sangue pela doçura de seus
risos!
Nunca tem fim, ela é a lágrima que se pendura dentro
de minha alma para sempre!
Talvez eu seja jovem demais para impedir que um bom amor dê errado.
Amor, você deveria ter voltado.
Porque não é tarde demais!



Muse and Yellow Iris
Muse and Yellow Iris (http://www.marciomelo.com)


Lover, You Should've Come Over
 Jeff Buckley


Looking out the door I see the rain
fall upon the funeral mourners
Parading in a wake of sad relations
as their shoes fill up with water
And maybe I'm too young
To keep good love from going wrong
But tonight you're on my mind so (you'll never know)
I'm broken down and hungry for your love
With no way to feed it
Where are you tonight?

Child, you know how much I need it
Too young to hold on
and too old to just break free and run

Sometimes a man gets carried away
When he feels like he should be having his fun
And much too blind to see the damage he's done
Sometimes a man must awake to find that, really,
He has no one
So I'll wait for you And I'll burnWill I ever see your sweet return,
oh, or will I ever learn
Lover, you should've come over
'Cause it's not too late
Lonely is the room, the bed is made
The open window lets the rain in
Burning in the corner is the only one
who dreams he had you with him
My body turns and yearns for a sleep that won't ever come

It's never over,
my kingdom for a kiss upon her shoulder
It's never over,
all my riches for her smiles when I
slept so soft against her
It's never over,
all my blood for the sweetness of her laughter
It's never over,
she is the tear that hangs inside my soul forever
But maybe I'm just too young

to keep good love from going wrong
Oh, lover, you should've come over
'Cause it's not too late






Jeffrey Scott Buckley (Anaheim, 17 de novembro de 1966Memphis, 29 de Maio 1997) foi um cantor, compositor e guitarrista norte-americano. Conhecido por seus dotes vocais, Buckley foi considerado pelos críticos umas das mais promissoras revelações musicais de sua época. Entretanto, Buckley morreu afogado enquanto nadava no rio Wolf, afluente do Rio Mississipi, em 1997. Seu trabalho e seu estilo único continuam sendo admirados por fãs, artistas e músicos no mundo todo.

clavedesol.gif (5056 bytes)

http://www.dontstopthemusic.com.br/Musicas/Internacionais/Jeff_Buckley/Lover_you_shouldve_come_over_MS.mid

clavedesol.gif (5056 bytes)






MORRER DE AMOR
(Mª Tereza Horta)

Morrer de amor

ao pé
da tua boca

Desfalecer
à pele do sorriso

Sufocar de prazer
com o teu corpo

Trocar tudo por ti
se for preciso...






"Quando eu me vi estava no chão,


Observando o que jamais deveria ter começado,

E imaginando que você poderia ter voltado,

Mesmo assim eu ainda sinto muito e lhe quero a cada instante,

Não importa o que aconteça eu te imagino em cada lugar que vou

e em cada sonho que tenho."(Kary Moore)





"Não se acostume com o que não o faz feliz,

revolte-se se for preciso...
Alague seu coração de esperanças,
mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se achá-lo, segure-o!
Circunda-te de rosas...
Ame...
Beba...
Ria...
O mais é nada!"
(Fernando Pessoa)






AMOR FINAL
(Falcão S.R.-Luso poemas)

Agora tu podes enfim comemorar

Mataste todo amor que te ofertei
Nem mais o teu nome quero falar
Para esquecer do quanto te amei.

Meus sonhos finalmente esqueci
Cansei de sofrimentos e solidão
Nem mesmo tua voz quero ouvir
Para ti tranquei de vez o coração.

Teus olhos que de paixão me perdi
São luzes que o desprezo apagou
Nem de longe quero ver o teu sorrir
Para mim és o tempo que passou.

Talvez possas um dia compreender
Que o amor é real sinônimo de paz
E o quanto a dor saudade faz sofrer
Por amor que não volta nunca mais.

Errastes ao pensar que eu seria
Quem que não poderia te esquecer
Mas quero ter de volta minha alegria
Amando quem faça por merecer.

Adeus meu sonho lindo colorido
Que em prosas e versos exaltei
Talvez sejas feliz, mas duvido...
Que alguém te ame como amei.



Um comentário:

  1. Passeando por este belo espaço gostei... achei até que tinha a ver um pouco com a minha pessoa. se gostar faça uma visitinha no meu blog, obrigada.
    http://poemasdaminhalma.blogspot.pt/

    ResponderExcluir